Francisco do Nascimento Gomes nasceu em 1909, em Vila Nova de Foz Côa. Era condutor de carros elétricos no Por…

Francisco do Nascimento Gomes nasceu em 1909, em Vila Nova de Foz Côa. Era condutor de carros elétricos no Porto.

No dia 31 de julho de 1936 é detido para averiguações pela Delegação do Porto da Polícia de Vigilância e Defesa do Estado (PVDE), sendo libertado cerca de dois meses e meio mais tarde. Voltaria a ser detido, de novo para averiguações, a 11 de outubro de 1937, acusado de "estar envolvido em manejos comunistas" e "implicado na distribuição do Avante! no norte do País". Julgado pelo Tribunal Militar Especial, a 8 de agosto de 1938, é condenado a seis anos de degredo, decisão da qual recorre, tendo o Tribunal decidido, a 15 de março de 1939, diminuir a pena para três anos. É nesse ano, 1939, que embarca, a 1 de abril, para o Campo do Tarrafal, onde fica durante quatro anos e oito meses (mesmo com a redução de pena decretada pelo Tribunal). Entre maio e julho de 1943 passa dois meses de castigo na “frigideira” o que, somado à ausência de assistência médica e às deficientes condições de higiene e salubridade, o foram deixando num cada vez mais frágil estado de saúde. Morre no dia 15 de novembro de 1943. Tinha 34 anos.

#aljube #semmemórianãoháfuturo #osqueficarampelocaminho


Ver artigo