Em Bonecas, espetáculo em estreia, Ana Luena parte de um conto inédito de Afonso Cruz e da “brutalidade bela” …

66109918 10156542569509423 8205120640563281920 N.jpg

Em Bonecas, espetáculo em estreia, Ana Luena parte de um conto inédito de Afonso Cruz e da “brutalidade bela” da pintura de Paula Rego para escrever uma dramaturgia em torno das noções de território, identidade e memória.

Para ver de 11 a 21 no Teatro Carlos Alberto.
Bilhetes: http://bit.ly/Bonecas-TeCA

Ver artigo