É lembrado como um dos maiores compositores portugueses do séc. XX. Fernando Lopes-Graça nasceu em Tomar, a 17…

61505600 376476449663484 4528960137943056384 N.jpg

É lembrado como um dos maiores compositores portugueses do séc. XX. Fernando Lopes-Graça nasceu em Tomar, a 17 de Dezembro de 1906.

Começa a tocar piano muito cedo em casa e aos 14 anos já trabalhava no Cineteatro de Tomar como pianista. A sua formação continuará em Lisboa, onde frequenta o Curso Superior do Conservatório de Lisboa. Em 1931 é preso pela primeira vez, no dia em que conclui, com a mais alta classificação, as provas de concurso para Professor de Solfejo e Piano do Conservatório Nacional. Encerrado no Aljube, é depois desterrado para Alpiarça. Outras detenções se seguirão. É proibido de concorrer a bolsas de estudo no estrangeiro, de abraçar uma carreira na função pública ou de leccionar. As suas obras são também proibidas de ser tocadas em público e os direitos de autor são-lhe retirados.
Entre as suas muitas acções, conta-se, em 1942, a fundação da Sociedade de Concertos SONATA e, em 1945, integra do Movimento de Unidade Democrática (MUD) onde cria um grupo coral que se tornaria o Coro da Academia de Amadores de Música – hoje Coro Lopes-Graça. Com este coro entoou as CANÇÕES HERÓICAS e as CANÇÕES REGIONAIS pelas vilas e aldeias do país.

Fernando Lopes-Graça morreu neste dia, há 25 anos.

#fernandolopesgraça #aljube


Ver artigo