Deu-me Deus o seu gládio porque eu faça A sua santa guerra. Sagrou-me seu em honra e em desgraça, Às horas …

120508608 3646091972102250 8488996121131144713 O.jpg

Deu-me Deus o seu gládio porque eu faça
A sua santa guerra.
Sagrou-me seu em honra e em desgraça,
Às horas em que um frio vento passa
Por sobre a fria terra.

Pôs-me as mãos sobre os ombros e doirou-me
A fronte com o olhar;
E esta febre de Além, que me consome,
E este querer grandeza são seu nome…

Mais

Ver artigo