A coleção de mobiliário do MNAA é uma viagem inspiradora na qual cada peça guarda uma história singular. Adqui…

110316657 10156403703902609 5218318208314338057 O.jpg

A coleção de mobiliário do MNAA é uma viagem inspiradora na qual cada peça guarda uma história singular. Adquirido em 1936, num leilão da coleção Burnay, este esplêndido contador remete-nos para a produção mogol, o nome pelo qual ficou conhecida a dinastia fundada por Babur, o chefe guerreiro vindo da Ásia Central que, ao conquistar o sultanato de Deli, em 1526, formou um império na Índia por mais de três séculos.

A técnica e a decoração desta peça, sobretudo as cenas historiadas, revelam tradições iconográficas orientais, como a figuração da «árvore da vida» ou as presenças do «simurgh», retirado da literatura persa, e do «rohk», o pássaro mítico, inspirado num dos contos árabes das Mil e uma Noites. Há, porém, no plano inferior das duas portas, elementos decorativos que atestam uma influência formal lusa, e a presença portuguesa junto da corte mogol, através da representação de cavaleiros portugueses caçando com lanças.

Esperamos por si. Consigo o Museu fica mais completo. Até breve!

«Contador com trepe»
Autor desconhecido
Sind ou Guzarate, final do século XVII, início do século XVII
Teca, sissó, outras madeiras exóticas, marfim natural e tinto, laca, ferragens em latão
Proveniência: Compra (Leilão Coleção Burnay), 1936
Obra em exibição no Piso 2/Sala 18 (Núcleo de Arte da Expansão)
MNAA, inv. 1312 Mov

#MNAA #MNAA_lisboa #mobiliário #furniture




Ver artigo